segunda-feira, 28 de maio de 2007

Abrir a porta

Da Lição de Paul Gilroy sublinho: a) a necessidade de combater a ignorância de modo a que esta não preencha o espaço vazio que cresce todos os dias; b) resistir à privatização da Educação; c) criar redes de confiança.

Sublinha-se como grande tese da Lição a noção da convivialidade, que não é apenas a de um convívio entre parceiros mas a da co-habitação entre diferentes, com todas as tensões e conflitos que tal co-habitação pressupõe. Mas a grande questão não é só a da convivialidade, que a acontecer é em si um bem, diríamos, mas fica ainda por resolver em que sociedade se supõe que esta convivialidade seja exequível. Um dos embaraços do pensamento contemporâneo tem sido o de, ao mesmo tempo que se recusa o modelo actual e injusto das sociedades contemporâneas, ser capaz de equacionar outro modelo de sociedade. Parece que estamos "à porta" do enunciado, mas é difícil abri-la.

APR

6 comentários:

Anónimo disse...

é bonita a imagem " abrir a porta"...

Alice disse...

Abrir a porta ?!

Anónimo disse...

verdades bonitas. textos curtos que abrem para as Lições, sublinham aspectos que merecem ser "guardados"

ABR (re)formula uma questao do Forum EdM

- "sera a adopçao um instrumento da Etica?"




"Ainda as emoções e os sentimentos:

Crença na possibilidade de transformar o deserto numa floresta e constatação dos sentimentos e das emoções na possibilidade da interculturalidade. Será a adopção um instrumento da ética?"

Anónimo disse...

abre-se/fecha-se a porta

aqui também: "convivialidade exequivel". às vezes " exequivel", às vezes "desapropriada".
assim vai também este mundo. questão a "resolver" ? nao. aqui nao ha " embaraço". o bom senso tem de exitir na "convivialidade".

viver com a realidade

"convivialidade, que a acontecer é em si um bem, diríamos, mas fica ainda por resolver em que sociedade se supõe que esta convivialidade seja exequível."

Anónimo disse...

precipitações

aqui a porta esta aberta à

realidade e à irrealidade

o virtual sera (o quê)

real?

Anónimo disse...

é bom o EdM possibilitar, permitir por aqui a aproximaçao ao Estado do Mundo. Obrigado.

Blogue muito bonito, claro, leve, da vontade de vir aqui

aprendam as outras instituições aqui também como se podem encontrar leitores

com informaçao legivel

não sabem "escrever" e

criam planos de leitura.

escrevam primeiro os livros onde

se aprenda a ler!